O MOVIMENTO DO LÍQUIDO DENTRO DO TANQUE AFETA SUA ESTABILIDADE

1

As características de tombamento de um tanque são fortemente influenciadas pelo movimento livre do líquido dentro do compartimento de carga. Em um tanque ou compartimento carregado com volume parcial, esse movimento da carga é mais intenso, produzindo um efeito conhecido como “slosh”. Esse movimento da carga desloca lateralmente o seu centro de gravidade, transferindo carga do lado interno para o lado externo da curva e por consequência, facilita o tombamento desses veículos.

Os movimentos do líquido dentro de um tanque são complexos e dependem da manobra, do formato do tanque e da viscosidade do líquido.

A INFLUÊNCIA DA SEQUENCIA NOS COMPARTIMENTOS

Além do movimento do líquido, alguns setores, como na coleta do leite, enfrentam outras questões que influenciam na segurança do transporte: qual sequência mais segura de carregamento dos compartimentos do tanque?

 

2

 

Enquanto o veículo trafega com alguns compartimentos cheios e outros vazios, a distribuição de peso entre os eixos é afetada e poderão ocorrer dificuldades na dirigibilidade, com riscos de acidentes.

Se encher o traseiro primeiro, alivia o peso do eixo dianteiro e afeta dirigibilidade.

 

3

 

E no tanque com 3 compartimentos? Qual encher primeiro?

 

4

 

E se não houver carga para os 3 compartimentos? Qual deve ficar parcialmente cheio?

 

5

 

Nos conjuntos de veículos: trafegar com o “Romeu” vazio e a “Julieta” carregada é extremamente perigoso. A dirigibilidade do conjunto estará comprometida e ocorrerá um aumento do fenômeno “amplificação traseira” (“efeito chicote”).

 

6

 

Todas essas questões e muitas outras estão respondidas no Curso: “Transporte de Leite a Granel”.

Mais informações:    www.trs.eng.br

Email: contato@trs.eng.br

MSc. Eng. Rubem Penteado de Melo